Alimentação da gestante

Alimentação da gestante

Postado em:
Blog - Vida de mãe
- 18/10/2018 11:39:46

Durante a gravidez, sua alimentação se torna ainda mais importante. É que agora, além da sua saúde, está em jogo o desenvolvimento do seu bebê. O ideal é contar com um acompanhamento médico, já que a cada fase, existem nutrientes super importantes para o funcionamento do seu corpo e do seu pequeno.

Algumas mulheres acham que devem aumentar a quantidade, mas na verdade, a qualidade é que faz a diferença. "Comer por dois" não é o mais indicado, mas sim, pensar nos nutrientes necessários para cada fase do desenvolvimento do bebê.

Alguns alimentos devem ser consumidos com moderação, como:

  • Carboidratos refinados, como arroz branco, farinha de trigo refinada (branca) e açúcar cristal.
  • A cafeína por ser diurética e estimulante, deve ter seu consumo diminuído.
  • Peixes como como cação, peixe-espada, tubarão e marlim, podem conter altos níveis de mercúrio, portanto é indicado que sejam consumidos com cuidado.
  • O sal sempre deve ser usado de forma moderada.

Cuidado redobrado:

  • Alimentos Crus;
  • Frutas e legumes;
  • Alimentos preparados à base de ovos crus;
  • Álcool

Ácido fólico, zinco, ferro e Cálcio:

O ácido fólico é essencial no período da gravidez e a carência dessa substância pode ocasionar problemas no bebê. Alguns obstetras recomendam remédios a base da substância, porém existem alguns alimentos ricos em ácido fólico, que devem ser incluídos na dieta da mamãe. Você pode encontrar em vegetais verdes escuros, como rúcula ou brócolis e também na abóbora, acelga e fígado, por exemplo.

O zinco é importante para o desenvolvimento cerebral e na formação corporal do bebê. Pode ser encontrado em carnes vermelhas, peixes, laticínios e no feijão.

O ferro protege a mãe e o bebê da anemia, sendo importante em todas as fases das nossas vidas. A carência de ferro pode causar dificuldade na oxigenação do corpo, trazendo prejuízos em todas as idades. Invista em carnes, peixes e leguminosas como feijão, lentilha e grão de bico. Em alguns casos, é necessário suplementação desse nutriente, indicada pelo obstetra.

 

O cálcio é um poderoso mineral, que influencia na formação óssea, muscular e na dentição dos pequenos. Leite e seus derivados, amêndoas e peixes são exemplos de alimentos ricos em Cálcio.

Converse com seu obstetra. Só ele poderá avaliar quais substâncias precisam ser suplementadas e quais podem ser obtidas exclusivamente através da alimentação, tornando sua gestação mais segura e com todos os nutrientes que seu filho precisa para se desenvolver com saúde.

 
 

Categorias

Fique informado!

+ Posts

As primeiras palavras do bebê
As primeiras palavras do bebê
Massageando o bebê: Shantala
Massageando o bebê: Shantala
Peanut: O tinder das mamães
Peanut: O tinder das mamães
Música para mamães e bebês
Música para mamães e bebês
Fruta in natura é melhor que suco
Fruta in natura é melhor que suco

Receba novidades